Cinnamon Swirl

Significa “redemoinho de canela” e é inspirado em um doce comum nos Estados Unidos, uma espécie de donut em formato de rolinho. No cabelo, são mechas em tons quentes, próximos ao canela, claros e escuros – e bem marcadas -, que aumentam sua intensidade até chegar às pontas.

FASHIONISTAS
Elas encaram qualquer transformação, desde que o look já esteja na moda e tenha sido inspirado em alguma famosa. Duas técnicas são poderosas:

Splashlights

Imita o efeito de um raio de sol apenas em uma faixa dos cabelos, na altura das orelhas. É como se a luz solar iluminasse partes da cabeleira ora com intensidade, ora com suavidade. O ideal para aplicar essa técnica são as madeixas médias e longas.

Oil Slick

Essas mechas lembram as cores de uma mancha de óleo, daí o nome. É como se fossem tons fantasia para mulheres morenas e modernas que querem chegar no visual arco-íris sem precisar descolorir os fios.

Mechas Strobing

O nome “hypado” foi inspirado na técnica de maquiagem que consiste na aplicação do iluminador para valorizar os traços do rosto. Como na essência do procedimento, são highlights claras de diversas larguras espalhadas em pontos variados das madeixas. Ideal para mulheres com cabelos médios a longos.

TRENDSETTERS
São as mulheres mais ousadas, que adoram inventar moda para lançar suas próprias tendências e, claro, serem imitadas. Inovar é com elas mesmas! Vamos às dicas:

Denim Hair

Essa moda das mechas com tonalização em tons de índigo, a cor do jeans, estão super em alta. Aqui, o “X” da questão é a cor e não o tipo de luzes. As nuances podem ser aplicadas em degradê, nas splashlights, nas strobing, etc. O tom ideal é um azul desbotado em mechas bastante claras. Se você tem um perfil mais jovem, a sugestão é uma mescla de mechas azuis com granny hair (acinzentado).