Cortar a franja é uma ótima opção para quem quer dar uma mudada no visual. Ela pode emoldurar o rosto, esconder partes indesejadas, dar mais movimento e leveza ao cabelo e até interferir na expressão. Por outro lado, uma franja não adequada é capaz de estragar o visual inteiro.

 

Confira as dicas e escolha o tipo que vai combinar mais com você!

 

Rosto redondo

O indicado é a franja mais longa nas laterais, para afinar a face, e desfiada nas pontas, para dar movimento.

 

Rosto quadrado

A franja dividida no meio ou na lateral (jogada para o lado), na altura do olho ou nariz, é perfeita. Não deve ser usada na altura da boca para baixo para não deixar a face ainda mais quadrada.

 

Rosto fino e comprido

Aposte na franja na altura dos olhos ou até na altura das sobrancelhas. Para criar volume, deve ser mais espessa.

 

Testa grande

O ideal é a franja na altura dos olhos, jogada para frente e levemente desfiada nas pontas para esconder a testa.

 

Cabelo ondulado

A franja pode combinar com o estilo do cabelo e ter uma leve ondulação, mas, neste caso, deve ser longa e jogada para o lado.

 

Cabelo encaracolado

Franja enroladinha não fica legal. O ideal é sempre usar escova e secador para modelar. Também não deve ser jogada pra frente, mas sim camuflada no cabelo, dando uma ideia de forma.

 

Cabelo curto

Os cortes mais conservadores não ficam muito bem com a franja demarcada. É interessante quando ela se mistura com o cabelo, apenas destacando o rosto. Já as mais ousadas podem usar a franja longa e desfiada, de um forma muito estilosa.

 

Cabelo comprido em camadas

Fica lindo usar a franja também em camadas, como uma continuação do resto do cabelo, dando movimento. Inicie as camadas na altura do nariz e termine na altura do ombro.

Cabelo comprido reto

A franja desfiada, um pouco mais longa e jogada para o lado é a mais indicada. Não deve ser “retona” como o cabelo.

 

www.luminushair.net